MMA

UFC Ao Vivo – Assistir Amanda Nunes x Valentina Shevchenko ao vivo online – sábado (09/09)

UFC ao vivo – UFC 215 – Amanda Nunes x Valentina Shevchenko ao vivo – Saiba onde assistir Amanda Nunes x Valentina Shevchenko ao vivo 

UFC desembarca pela primeira vez em Edmonton, no Canadá, neste sábado, trazendo a revanche entre Amanda Nunes e Valentina Shevchenko na luta principal. O card acontece dois meses após a brasileira ter se retirado da luta principal do UFC 213 no dia do evento, em Las Vegas, por conta de uma crise de sinusite. Irritado com a atitude da Leoa, o presidente da organização, Dana White, jurou que ela nunca mais faria a luta principal de um evento – e por ironia do destino é justamente esse o posto que ela ocupa neste sábado, graças ao cancelamento do combate entre Ray Borg e Demetrious Johnson, por conta de uma virose que acometeu o desafiante.

Amanda, obviamente, comemorou o “upgrade” no UFC 215, mas garantiu que não guardava mágoas do patrão. Durante toda a semana, a brasileira mostrou muita segurança e tranquilidade nos eventos que antecederam o card, garantindo que dessa vez está 100% saudável e pronta para manter seu reinado. Mais do que isso, ela terá neste sábado a chance de reconquistar a confiança do UFC, provando que é a campeã dominante que merece o posto mais alto do card por conta de sua competência.

– Essa é uma luta difícil, mas pode se tornar fácil. Quando trancar aquela porta, ninguém sabe o que vai acontecer. Valentina pode ser forte, eu também sou, mas fechou ali eu quero ver o que vai acontecer. É uma luta em que tudo pode acontecer, vou deixar fluir. Não tenho pressa para nocautear ou finalizar, mas vou sair com o braço erguido no final. Valentina vai ter o momento dela, eu vou me aposentar e esse cinturão vai ficar aí e ela pode ser campeã um dia, mas nesse momento não. Nesse momento, ninguém vai tirar esse cinturão de mim – declarou a campeã após a pesagem desta sexta-feira.

Já Valentina garante que não pensa mais no cancelamento da luta, em julho passado. A lutadora do Quirguistão se credenciou para a disputa de cinturão depois de passar por Holly Holm e Julianna Peña. A sua única derrota no Ultimate foi justamente para Amanda, em março de 2016, depois de perder os dois primeiros rounds e vencer o terceiro. Neste sábado, a ex-campeã mundial de muay thai e kickboxing promete aumentar a pressão para se tornar a primeira campeã de seu país também no MMA.

– Eu venho de uma história longa com as artes marciais. Esse é o título que falta e, dessa vez, ela não vai ter pra onde correr. Vou entrar no octógono e tomar esse cinturão. Chegou a hora de iniciar uma nova era nessa divisão e eu tenho absoluta certeza de que chegou a minha vez – declara.

Com o cancelamento da disputa de cinturão dos moscas, o combate entre Neil Magny e Rafael dos Anjos acabou promovido para co-luta principal do UFC 215. Esta é a segunda disputa do brasileiro na divisão dos meio-médios, e ele vem com “sangue nos olhos”.

– Não vejo essa luta indo para a decisão, estou entrando firme para finalizar ou nocautear. Sou um lutador melhor do que o Magny, tenho qualidade em pé e no chão e os ajustes que eu tinha que ter feito quando lutei em Singapura eu já fiz. Estou numa forma física melhor do que a que eu estava em Singapura. (…) Estou cheio de disposição aí para sábado. O Woodley está parado por um tempo e eu espero que o próximo passo seja o título – afirmou o ex-campeão dos leves, que havia sido deixado de sobreaviso para substituir Demian Maia na disputa de cinturão contra Tyron Woodley, em julho.

Sexto colocado no ranking da categoria, Magny não luta desde dezembro, quando derrotou Johny Hendricks. Recuperado de uma lesão no pescoço, o americano é 13 centímetros mais alto do que Rafael e quer colocar o nome do ex-campeão em seu currículo de vitórias.

– Enfrentar outro cara que é ex-campeão e que estava tão próximo de lutar pelo título só me mostra que estou fazendo a coisa certa e indo na direção correta. Se eu for lá e tiver uma performance dominante contra o Rafael Dos Anjos, isso vai me dar a certeza de um excelente futuro (…) Essa luta é uma recompensa, vou entrar lá e fazer a melhor performance que eu puder, aproveitando as oportunidades

O UFC 215 traz ainda outros quatro brasileiros em ação. No card principal, o peso-mosca Wilson Reis, que vem de derrota para Demetrious Johnson em abril, enfrenta o segundo colocado do ranking divisão, Henry Cejudo. No card preliminar, a amazonense Ketlen Vieira terá pela frente a medalhista de prata em wrestling nas Olimpíadas de Athenas, Sara McMann, que vem de sequência de três vitórias e ocupa a sexta colocação no ranking da categoria.

O peso-pesado Luiz Henrique KLB tenta se redimir da derrota para Marcin Tybura, em março, contra o canadense Arjan Bhullar, estreante no UFC, mas invicto na carreira há seis combates. Já o peso-leve Adriano Martins retorna ao octógono depois de 11 meses sem lutar por conta de uma lesão no joelho. Ele fará a primeira luta da noite contra o canadense Kahan Johnson, que fará a quarta luta na organização e vem de duas vitórias consecutivas.

 UFC 215

9 de setembro, em Edmonton (CAN)
CARD PRINCIPAL (a partir de 23h, horário de Brasília):
Peso-galo: Amanda Nunes x Valentina Shevchenko
Peso-meio-médio: Neil Magny x Rafael dos Anjos
Peso-mosca: Henry Cejudo x Wilson Reis
Peso-meio-pesado: Ilir Latifi x Tyson Pedro
Peso-pena: Jeremy Stephens x Gilbert Melendez
CARD PRELIMINAR (a partir de 20h, horário de Brasília):
Peso-galo: Sara McMann x Ketlen Vieira
Peso-galo: Sarah Moras x Ashlee Evans-Smith
Peso-pena: Gavin Tucker x Rick Glenn
Peso-leve: Mitch Clarke x Alex White
Peso-pesado: Luis Henrique KLB x Arjan Bhullar
Peso-leve: Kajan Johnson x Adriano Martins

Transmissão

.

.

Combate transmite o UFC 215 neste sábado, a partir das 19h45 (horário de Brasília), com transmissão das duas primeiras lutas e Tempo Real pelo Combate.com

Fonte: http://sportv.globo.com/site/combate/noticia/amanda-finalmente-enfrenta-valentina-e-luta-para-retomar-confianca-do-ufc.ghtml

COMENTAR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close