Porto Velho

Prefeitura de Porto Velho lança programa de prevenção às queimadas

This section contains some shortcodes that requries the Jannah Extinsions Plugin. You can install it from the Theme settings menu > Install Plugins.
O Programa “Porto Velho Sem Fogo” teve seu lançamento na manhã desta terça-feira, 26, pela Prefeitura de Porto Velho. Para o seu desenvolvimento, foi criada a também a primeira Brigada Municipal, inclusive com a contratação de bombeiros civis. A coordenação das ações é feita pela Subsecretária Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema).
Após os estudos, a Sema elaborou o Plano Intensificado de Prevenção e Combate às Queimadas, constituído em três eixos de ação: Monitoramento e Controle, Fomento às Atividades Sustentáveis, Mobilização Social e Educação Ambiental.

O subsecretário da Sema, Robson Damasceno, destacou que para que as coisas aconteçam é preciso de apoio. “Todas as parcerias entre órgãos públicos, do terceiro setor, empresários que buscam sustentabilidade e qualidade ambiental, demonstrando que ninguém faz nada sozinho”, destacou. “Quero deixar claro que nossa atuação será em parceria com os bombeiros militares – não iremos substituir as suas funções”, completou.

De acordo com Damasceno, a Prefeitura está comprometida com a população, trabalhando na busca por qualidade de vida, do ar e em reduzir a procura por atendimento nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) devido a problemas respiratórios.

O gerente de Administração do Corpo de Bombeiro de Rondônia, coronel BM Gilvander Gregório de Lima, disse que a prevenção é muito mais importante do que o combate, pois já foi feito o dano. “Tem muita gente que realiza queimada do lixo doméstico de forma criminosa, por isso precisamos criminalizar também isso, afinal, temos a coleta do lixo. Vamos reforçar os números para que a população faça a denúncia”.

Brigada

A Brigada Municipal terá como sede o Parque Circuito que, além do combate diário de prevenção ao fogo, fará um trabalho diário de educação ambiental no local com a instalação de placas nas árvores e anúncio de alertas nas mesas dispostas.

Na cerimônia foram entregues quatro veículos sendo duas caminhonetes e dois de passeio. Segundo a chefe da Brigada, Lizania Katty, hoje há o reconhecimento e luta. “A nossa felicidade é acreditar que estamos trabalhando na prevenção. Só precisamos lembrar que queimar é crime e mata”, disse.

Denúncias

Segundo ela, a população é parte fundamental no processo de sensibilização, por isso, são realizadas constantemente palestras nas escolas, por exemplo. Foi criado um número para que se faça denúncias: 0800 647 1020, com o propósito de redução de casos de queimadas urbanas e rurais na capital. A multa para quem realiza queimadas vai de R$ 70 a R$ 70 milhões.

Fonte: Etiene Gonçalves

[divider]

COMENTAR

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close