Porto Velho

Prefeito e secretário de Educação  reúnem com gestores de escolas

Diretores e vice-diretores das escolas da rede municipal de ensino da área urbana e zona rural de Porto Velho, participaram nesta segunda-feira (29) de uma reunião com o prefeito dr Hildon Chaves e o secretário Marco Aurélio Marques, da Educação (Semed), no Teatro Banzeiros, ocasião em que foi feito um breve balanço das ações realizadas em 2017 e as metas para este ano.

No primeiro Encontro de Gestores do ano, o prefeito falou das expectativas que tem para a educação de Porto Velho em 2018. Uma delas é a melhoria da nota do município no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), avaliação realizada pelo governo federal para mensurar a qualidade da educação no Brasil. Nas últimas avaliações Porto Velho não conseguiu atingir a nota mínima exigida.

“Temos expectativas muito boas para este ano. Acreditamos que conseguiremos dar um salto de qualidade com as ações e programas a serem desenvolvidos. Mas para isso, precisamos do engajamento de todos. A participação dos diretores, dos vice-diretores, dos professores, principalmente, é muito importante para chegarmos onde pretendemos chegar, que é tirar o município dessa condição vergonhosa.

Na ocasião, o secretário da Semed anunciou a continuidade e ampliação da “Avalia Porto Velho”, a prova institucional criada pela atual gestão, usada pela prefeitura como diagnóstico do setor, a fim de monitorar as ações que devem ser implementadas para melhorar a educação no âmbito do município. Neste ano, a prova também será aplicada aos alunos dos quartos anos. Em 2017, apenas os dos quintos anos participaram.

Outra novidade anunciada, foi a aquisição de brinquedotecas para escolas que trabalham com a educação infantil e creches. Serão adquiridas 25 brinquedotecas, sendo doze com recursos do programa “Brasil Carinhoso”, do Governo Federal e o restante com recursos próprios da Prefeitura de Porto Velho. “Assim, os professores poderão trabalhar de forma mais aparelhada e as crianças serão melhor atendidas”, disse o secretário.

Fonte: Semed | Foto: Medeiros

COMENTAR

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close