Rondônia

Parceria entre ACIJ, CRA e CFA garante 240 litros de leite para instituições sociais em Jaru

A Associação Comercial e Industrial de Jaru – ACIJ entregou na tarde desta segunda-feira (18) 240 litros de leite para o Instituto de Apoio a Mulher Rural – IAMUR, Comunidade Terapêutica Abraço e Resgate de Vidas, as entidades beneficiadas realizam ações sociais no município.“Nós também temos o compromisso de ajudar e hoje ao entregarmos o leite estamos multiplicando a contribuição, porque são instituições que contribuem para o bem da sociedade”, disse o vice-presidente da ACIJ, Francisco de Sá Sobreira.

Parte do leite foi doado pelo do laticínio Italac e a outra parte arrecadado durante as inscrições da palestra “Inovação sobre Comportamentos Empreendedoras”. O evento foi promovido pela ACIJ em parceria com os Conselhos Regional e Federal de Administração. A palestra encerrou o calendário da programação de eventos do Conselho Regional de Administração, que é uma iniciativa da diretoria de fiscalização e registro em cumprimento ao projeto itinerante de fiscalização.De acordo com o presidente da ACIJ e conselheiro do CRA, o objetivo é continuar realizando palestras e convertendo as inscrições em alimentos para ajudar quem precisa. “Sabemos que todas essas instituições são importantes para a sociedade, além de muito trabalho, o preço que elas pagam pelo serviço realizado é alto” disse Ednilso.

De acordo com a presidente da IAMUR, Elenice Onerzog, a instituição sempre recebe doações, mas leite é a primeira vez. “Já fomos beneficiados com outra doação de leite da ACIJ e ajudou muito”, disse Elenice.

A Comunidade Terapêutica Abraço, existe há quase cinco anos, cerca 60 homens são atendidos. “Para manter o projeto, trabalhamos com a venda de produtos naturais e toda doação é bem-vinda”, agradeceu Andréia Cristina, assistente social da associação.

“Estamos agradecidos, pelo reconhecimento da ACIJ, a nossa missão é tirar pessoas da rua, atendemos atualmente 18 homens e vivemos de doação, tudo que recebemos ajuda”, disse o Amarildo Alves da Associação Resgate Vidas.

Fonte: Giselle Virgílio


COMENTAR

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close