Saúde

Campanha Pedalando Pela Vida segue com doação de sangue na Fhemeron

This section contains some shortcodes that requries the Jannah Extinsions Plugin. You can install it from the Theme settings menu > Install Plugins.

“O sopro e o brilho de uma vida”. A frase ecoou na manhã do último sábado (16), durante o lançamento da campanha Pedalando Pela Vida, que tem o objetivo de mobilizar a sociedade para a importância da doação de sangue como um ato de cidadania. O evento aconteceu no pátio da Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Estado de Rondônia (Fhemeron) e trata-se da parceria com grupos de ciclistas de Porto Velho.

A campanha será realizada durante toda a semana, encerrando dia 23 com a realização de um passeio ciclístico, tendo como idealizadores os ciclistas Evandro Deglei, Evandro Medeiros e Markin Cantanhede que incentivam a atitude em doar e manter a esperança de muitos pacientes que precisam de sangue para continuar vivendo.

O presidente da Fhemeron, João Ricardo, ressaltou a importância de mais uma campanha realizada, bem como a iniciativa dos ciclistas que estão engajados no propósito de salvar vidas. “O estoque depende das doações de sangue feitas para que possamos atender à demanda. A ação desenvolvida pelos grupos de ciclistas é muito importante, pois doar sangue é uma atitude necessária de cidadania e amor ao próximo”, comentou o presidente.

Durante o lançamento da campanha, os presentes se emocionaram com um vídeo de campanhas solidárias gravado em outros Estados com o mesmo propósito, ou seja, o sangue doado é usado para assegurar um direito primordial, o direito a vida.

A professora Paula Nogueira emocionou com o testemunho de perseverança e fé falando do filho, o pequeno Pedro Lucas, hoje com 6 anos,  que venceu a luta contra a leucemia. “Muitas crianças irão usar o sangue que hoje vocês estão doando. Os heróis de verdade são vocês que doam sangue ou medula óssea e verdadeiramente devolvem o brilho de uma vida”, disse emocionada.

Para a assistente social Maria Luíza, a campanha não é apenas da Fhemeron e sim de todos. “O saldo é a gratificação em ajudar o próximo sem nada pedir em troca. “É a certeza de saber que centenas de vidas foram salvas com as doações. Não podemos deixar o elo dessa corrente quebrar”, destacou.

Ciclistas se uniram com o objetivo de salvar vidas

Fonte: Secom – Governo de Rondônia

[divider]

COMENTAR

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close