Flamengo segura Ajax e vence nos pênaltis na estreia da temporada

85
Divulgação/Flamengo.com.br

Um Flamengo com menos de 10 dias de treinos entrou em campo para o primeiro jogo da temporada contra o tradicional Ajax, vice-líder do campeonato holandês e em meio de temporada. E o que se viu? Um Flamengo Flamengo.

Com raça, garra e superação, o Mengão saiu atrás no placar, empatou, tomou o gol, empatou de novo e em momento nenhum deixou a diferença de temporada e ritmo transparecer em campo. E também contou com a noite iluminada de Uribe. O colombiano marcou duas vezes no primeiro tempo: um golaço de cobertura e um de muito oportunismo, mantendo os números iguais nos primeiros 45 minutos e saiu com o prêmio de melhor em campo. Merecido, mas Diego Alves também brilhou no segundo tempo com defesas importantíssimas e encerrou a noite recebendo elogios e cumprimentos dos jogadores.

O jogo

O primeiro tempo foi intenso. Com mais ritmo e em meio de temporada, o Ajax dominou as ações e teve mas posse de bola. Através do seu toque característico, o time holandês envolveu o Flamengo no início da etapa e marcou o gol aos 15 minutos, em tabela de Huntelaar com Cerny, que acabou em chute sem chances de defesa para Diego Alves. O Flamengo não sentiu o golpe e dois minutos depois, Everton Ribeiro deu lindo lançamento para Uribe que encobriu de forma magistral o goleiro Lamprou.

O jogo ganhou mais intensidade e o Ajax tentava retomar seu toque, mas o Flamengo havia apertado a marcação. Porém, aos 33, os holandeses chegaram ao segundo gol em outra tabela concluída por Labyad, na entrada da área. O Flamengo voltou a atacar e foi recompensado Aos 42, Diego chutou de longe, o goleiro soltou e Uribe estava lá para empatar quase na descida para o vestiário.

Para a segunda etapa, Abel Braga mexeu em praticamente o time todo e promoveu a estreia de Rodrigo Caio na zaga. Se no primeiro tempo era o time que terminou o Campeonato Brasileiro, nesta etapa uma falta de entrosamento foi vista mais em campo e o Ajax acabou se beneficiando, ficando mais com a bola e tendo as principais oportunidades. Foi quando Diego Alves brilhou com defesas sensacionais que impediram a bola de entrar no gol rubro-negro.

O jogo caiu de intensidade e o resultado acabou mantendo o placar do primeiro tempo, indo para a disputa de pênaltis.

Na disputa final, o Flamengo acertou suas cobranças com Piris, Rodinei, Trauco e Berrío e contou com os erros de Veltman (trave) e Magallán (mandou lá em Amsterdam) para ficar com a vitória. No próximo sábado, o Mengão disputa o título da Florida Cup contra o Eintracht Frankfurt, às 19h. O time alemão superou o São Paulo por 2 a 1 no outro jogo.

Por Comunicação Flamengo