Política

RO: Orçamento 2018 é aprovado na reunião da Comissão de Finanças

Projeto segue para votação em Plenário

Em reunião extraordinária na manhã desta quarta-feira (13), a Comissão de Finanças, Economia, Tributação, Orçamento e Organização Administrativa (CFETOOA) , presidida pelo deputado Cleiton Roque (PSB), aprovou o Projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) 2018.

Cleiton Roque foi o relator do Projeto de Lei 768/2017  que estima a receita e fixa a despesa do Estado de Rondônia para o exercício financeiro de 2018.

O Projeto de Lei compreende o Orçamento Fiscal e o da Seguridade Social abrangendo todos os Poderes do Estado, Órgãos e Entidades da Administração Direta e Indireta.

A LOA concretiza o que se planejou no Plano Plurianual (PPA), em conformidade com as diretrizes estabelecidas na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

O orçamento aprovado estima a receita total em R$ 7.852.271.289,00.

Com este valor caberá ao Poder Legislativo, constitucionalmente, o montante de R$ 383.825.779,00, sendo que para a Assembleia Legislativa será destinado R$ 231.309.203,00; ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) R$ 149.329.576,00 e ao Fundo de Desenvolvimento Institucional do Tribunal de Contas do Estado de Rondônia o montante de R$ 3.187.000,00.

O Poder Judiciário receberá o montante de R$ 879.106.702,00, cabendo ao Tribunal de Justiça R$ 677.417.689,00; ao Fundo de Aperfeiçoamento dos Serviços Judiciários R$ 97.533.900,00; Precatórios R$ 104.155.113,00.

Ao Ministério Público o montante de R$ 278.382.792,00, cabendo ao próprio MP R$ 269.152.792,00 e ao Fundo de Desenvolvimento Institucional do Ministério Público R$ 9.230.000,00.

A Defensoria Pública o total de R$ 71.954.583,00, sendo R$ 64.708.629,00 a Defensoria e R$ 7.245.954,00 ao Fundo Especial da Defensoria Pública do Estado.

Ao Poder Executivo o montante de R$ 6.239.001.433,00. No projeto consta o desdobramento por secretaria, sendo que para a Educação caberá R$ 1.234.379.232,00; Saúde R$ 1.654.000,00 (para as unidades Hospitalares); Sesdec R$ 819.817.868,00.

O executivo também apresenta uma reserva de contingência fixada no valor de R$ 34.718.371,00, que somente poderá ser utilizada mediante autorização legislativa, exceto em caso de abertura de crédito extraordinário.

Fonte: ALE/RO – DECOM


COMENTAR

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close