Laerte Gomes reivindica ronda da PM no Residencial Capelasso e solicita a base fixa no bairro

O deputado Laerte Gomes (PSDB), líder do governo na Assembleia Legislativa, solicitou que seja instalada uma base da Polícia Militar no Residencial Capelasso em Ji-Paraná, localizado na saída da Linha 94, que foi entregue oficialmente na manhã da última quinta-feira (5). O pedido do parlamentar foi feito diretamente para o governador Confúcio Moura (PMDB) e ao comandante geral da Polícia Militar, coronel Ênedy Dias de Araújo, e o pleito será atendido.

O deputado Laerte argumentou, que o Residencial conta com 800 moradias e nas imediações funcionam dois frigoríficos e a indústria Campilar Alimentos. Na conversa que teve com o governador Confúcio e o coronel Ênedy, reivindicou que seja disponibilizada uma viatura a partir da próxima semana, para realizar o patrulhamento diário naquele setor.

Laerte Gomes também esteve reunido com diretores do Frigorífico Tangará e da Campilar Alimentos, que se propuseram a construir o posto da Polícia Militar e fazer a doação do prédio físico para o Estado e a Polícia Militar instalar a base. “Essa parceria público-privada vai acelerar o processo de instalação da base da PM para garantir segurança não apenas para os moradores, como também aos trabalhadores das indústrias que funcionam no Capelasso”, justifica Laerte Gomes.

Na reunião com o coronel Ênedy Dias, ele assegurou ao deputado que será feito o estudo de viabilidade da instalação da base da PM no Capelasso, e também se comprometeu em disponibilizar com urgência a viatura para a ronda policial 24 horas no condomínio popular e na área das indústrias.

A solicitação da base da PM no Residencial foi feita ao deputado Laerte pelo vereador ji-paranaense Lorenil Gomes, e a reivindicação do pleito ao governador e ao Comando da PM foi protocolada pelo parlamentar em conjunto com o deputado Maurão de Carvalho (PMDB), presidente da Assembleia Legislativa.

Laerte Gomes parabenizou o prefeito Jesualdo Pires (PSB) e a sua equipe gestora da Secretaria de Assistência Social, que tem à frente a Secretária Sônia Reigota, pela condução no processo de seleção das famílias que foram beneficiadas com a primeira moradia. “Se não houvesse a dedicação e seriedade dessa equipe maravilhosa conduzida pela secretária Sônia, essas 800 famílias, talvez atrasariam esse momento único de segurança familiar e satisfação que estão vivendo”, defendeu.

Fonte: ALE/RO – DECOM

Comentar

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*