Agricultores recebem mudas de café clonal e são alertados a utilizar tecnologia no cultivo

O uso correto de tecnologias no plantio e cultivo do café foi ressaltado na solenidade de entrega de mais 200 mil mudas de café clonal a 100 produtores da agricultura familiar de Rolim de Moura, na terça-feira (19), na Câmara dos Vereadores. Em 2017 os produtores do município receberam outras 104.500 mudas.

As orientações partiram de técnicos e de políticos com o objetivo de alertar aos beneficiados que o plantio e o cultivo do café clonal devem obedecer a critérios rígidos. A preparação e correção do solo antes do plantio da lavoura, que deve conter no mínimo cinco variedades clonais; a adubação quando for necessária; e, principalmente, a irrigação da planta pelo sistema de gotejamento foram algumas técnicas destacadas.

O café clonal conilon é uma espécie melhorada geneticamente com o objetivo de melhorar os cafezais de Rondônia oferecendo plantas mais resistentes e mais produtivas, quando cultivadas conforme as orientações técnicas. As pesquisas e o desenvolvimento do clone foram realizados por equipes da Embrapa, que levou em consideração o clima e a umidade característicos da região amazônica.

“Estas mudas que estão sendo entregues são todas certificadas, livres de doenças e tem qualidade garantida. O cultivo do café clonal para ser bem sucedido depende do cuidado técnico a ser aplicado desde o plantio à colheita”, falou o secretário estadual de Agricultura (Seagri), Evandro Padovani, destacando o compromisso do governador Confúcio Moura ao enumerar ações realizadas e programadas em favor do setor produtivo.

O produtor rural Edimar Kester vai iniciar o cafezal com 4 mil mudas e disse que as orientações foram importantes. “Já conheço algumas lavouras em que o protocolo técnico é seguido à risca e os resultados produtivos são surpreendentes. Isso me motivou a formar o cafezal”, explicou Kester, que tem atividade na pecuária de corte e plantio de maracujá, na linha 72 lado Sul, em Rolim de Moura.

O prefeito de Rolim de Moura, Luiz Schock, reforçou a importância do uso tecnológico nos cafezais e agradeceu ao governador Confúcio Moura por comandar um governo municipalista. “O governo investe em tantas ações no setor produtivo e reforça a diversificação da agricultura familiar no desenvolvimento econômico de todo o estado, principalmente em nossa região”, disse o prefeito Luizão do Trento, como também é conhecido. A família da agricultora Luzeli Lopes Simões também recebeu mudas do café clonal e vai reformar a área da lavoura antiga.

“Vamos trocar o velho pelo novo café, pois a produção é vantajosa”, disse Luzeli Simões, informando que conheceu o café clonal em eventos de dia de campo promovido pela Emater na região onde mora há 30 anos, no KM-14 da linha 172, lado Sul, em Rolim de Moura.

A agricultora Luzeli Simões vai substituir a lavoura velha por uma nova – Foto: Paulo Sérgio

Fonte: Secom – Governo de Rondônia



Comentar

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*